terça-feira, 31 de dezembro de 2013

1975 - O Maverick nas Corridas

Já era hora! Finalmente terminei.
Em 1975 a Ford contratou nada mais, nada menos que o piloto de formula 1 José Carlos Pace!
O Maverick provou ser o melhor nas pistas em 1973 e 1974, mas agora com Pace no volante podemos esperar novos recordes e títulos.
Convido você a acompanhar como o Maverick se saiu nas corridas em 1975.


Diário do Paraná 5.1.75


Com certeza a maior equipe de corridas dos anos 70, a Hollywood está otimista para essa temporada de 1975.

Diário do Paraná 16.2.75

domingo, 22 de dezembro de 2013

Homenagem a José Carlos Pace - Capacete

Foi pesquisando sobre a história do Maverick no ano de 1975, que passei a conhecer a carreira de José Carlos Pace. A única coisa que eu sabia, era que o autódromo de Interlagos leva seu nome.
A principio fiquei feliz de saber que um piloto da Formula 1 estava guiando um Maverick, mas conforme pesquisava, vi que não se tratava apenas de um piloto de Formula 1, ele tinha algo especial. Por um período até parei as pesquisas sobre Maverick para conhecer melhor o Pace.
Entrei no grupo José Carlos Pace do Facebook e encontrei muita informação, digo até que esse grupo possui o maior acervo sobre o Pace. Os membros são educados e participativos, sempre contribuem com novas informações.
Após várias pesquisas, fiquei hipnotizado pelo capacete que usava, esse aqui:


Foi assim que tive a intenção em mandar pintar um capacete igual em sua homenagem.

domingo, 15 de dezembro de 2013

Para aqueles que duvidam dos resultados do Maverick



Já mostrei a história do Maverick nas corridas em 1973, 1974 e 1975 (o post de 1975 não pode ser completado por problemas técnicos). Ficou evidente a superioridade do Maverick frente aos seus concorrentes. Independente do jornal ou revista, todos eles reconheciam e mostravam que realmente o Maverick era mais forte.

Não sei o que acontece, mas não foi eu que mandou escrever aquelas matérias nos jornais, elas são mais que verdadeiras! Mesmo assim tem gente que acha que nada daquilo é válido. Me refiro agora a ALGUNS fãs de Opala. 

Tudo bem, esse tipo de coisa já estava no script, mas eu comecei a pensar como era possível alguém desconsiderar uma notícia verídica de um jornal conceituado. Acompanho o mundo dos carros em geral e em especial, é claro, do Maverick. Essa semana ganhei muitas revistas do meu chefe e amigo Pilon e dentre elas, estava a revista Opala & Cia. Ano 1 nº 2.

segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Em Busca da Concessionária Perdida



Em 12/11/2009 comprei a edição 192 da revista QuatroRodas e fiquei impressionado em saber que o teste realizado no Maverick havia passado por Pirassununga, que na época ainda se escrevia com Ç no lugar dos dois S. Lembro que no mesmo momento tive a vontade de ir atrás da concessionária que prestou serviço ao Maverick, mas não levei a idéia a frente.
Com o tempo meu envolvimento com o Maverick aumentou e senti a necessidade de parar de apenas usar as informações que já existiam e começar a, quem sabe, produzir mais informações. Uma das formas de fazer isso foi por meio deste blog.

sábado, 7 de dezembro de 2013

Produção Total do Maverick no Brasil

É meio complicado manter a ordem cronológica da história do Maverick aqui no blog, sempre tem um assunto que chama atenção ou está em mais evidência e eu não resisto.
Hoje vamos ver essa pesquisa que nos leva ao inicio de 1979 para “descobrir” quantos Maverick foram produzidos exatamente. Sei que você deve estar dizendo: Eu já sei! Já vi uma tabela com todas as informações que preciso.

Ok pessoal, eu também pensava assim, até que em um dia, em uma conversa no grupo do Facebook – Maverick, compra, venda e troca de informações, nosso amigo Luiz Alberto mostrou o número do chassis de seu carro, então parei tudo que estava fazendo e comecei a pesquisar.

No Facebook


Conheça os Relocímetros, uma linha de relógios especiais para quem curte carros. De parede, de pulso e de mesa. Acesse www.autosbizus.com.br .