quinta-feira, 25 de agosto de 2016

As Proezas do Motor 8 Cilindros

Seguimos com a série sobre os feitos heróicos realizados pelo Maverick com cada tipo de motor. Dessa vez falaremos sobre o motor de 8 cilindros, o V8 302.
Será que preciso mesmo escrever sobre o V8? Afinal de contas, parece que esse motor é unanimidade entre as pessoas que ao verem um Maverick já perguntam de cara: É V8?
Vamos conhecer um pouco mais dessa usina de potência de oito cilindros em V que no Maverick tem o tamanho de 302 polegadas cúbicas ou 4.946,76 cilindradas.

Primeiro devemos lembrar que o motor V8 equipava de série os Maverick GT e que era oferecido como opcional para os outros modelos. Portanto de 1973 até 1977, todo Maverick GT era V8.

Ficha Técnica:

Diário do Paraná 1.7.73



Bom, é realmente muito potente! 197 cavalos e 39,5 kgfm de torque e instalado no Maverick tinha uma relação peso potencia de 7,1. Isso o fazia chegar aos 183 km/h e além.
A história do V8 302 é gloriosa, ele equipou os melhores Ford nos EUA até ser oferecido no Maverick em 1971 e no Brasil, como vimos, era item de série no Maverick GT. Os brasileiros tinham em mãos um dos motores mais famosos e fortes. Podemos até dizer que um motor desses no Brasil era um exagero muito grande, visto que as ruas e estradas não eram 100% trafegáveis. Mas a Ford fez isso, deu o privilégio a nós brasileiros de ter um carro bom com um motor tão bom quanto.
Tudo isso tinha um preço e não era barato:

Diário do Paraná 1.7.73

O fato de que o V8 302 nunca foi fabricado no Brasil, pode explicar várias coisas como por exemplo o seu preço e também como a Ford teve que se virar em sua logística para abastecer o mercado brasileiro com peças de reposição sem aumentar tanto o preço final.

Nesse ponto aqui podemos abrir um novo rumo para essa conversa. A Ford parecia não ter um motor certo para o Maverick, por isso teve que atualizar o 6 cilindros e importar o V8, então pessoal a decisão da Ford foi acertada, pois importar 2 motores com certeza ficaria caro demais, fabricar um motor novo no Brasil demoraria muito então nada melhor que ter um motor base e "barato" (6 cilindros) e um motor opcional, "especial", o V8 302. Esse assunto já foi abordado nessa pesquisa aqui.


Jornal do Comercio 15.7.73

Quatro Rodas 7.73


E foi só o Maverick V8 chegar ao Brasil que as proezas começaram.

Ninguém conhecia o carro ou o motor por aqui, imaginavam, mas não sabiam como ele se comportaria, então a Ford jogou ele na primeira corrida que apareceu.

Eis a Proeza:

Folha de S. Paulo 4.9.73
O Maverick V8 venceu o maior teste que poderia haver! Foram 25 horas correndo em Interlagos o que somou 370 voltas! Mas não foi só isso, os 5 Maverick terminaram a prova e impressionaram a todos com o resultado obtido.

Os jornais e revistas contam que o Maverick venceu essa corrida por pouco e na verdade quase perdeu para o Opala. Em uma conversa com o piloto que estava no Maverick, Bird Clemente, ele me contou que era o Greco (chefe de equipe) que mandava eles tirarem o pé para não forçar o carro. Agora imagina a real situação, se eles acelerassem com tudo, o Maverick e seu motor V8 teria aberto uma diferença realmente considerável.


Folha de S. Paulo 9.9.73
Ah sim, o record da pista foi do Maverick V8 também.


Mas será que não foi sorte?


Era bem possível que alguns ainda não tivessem entendido a supremacia do Maverick, mas a Ford foi la e fez de novo.


Proeza:


Folha de S. Paulo 21.9.73

Dessa vez a vitória esmagadora veio nos 500 Quilômetros de Interlagos, onde o Maverick V8 ocupou do 1º ao 4º lugar. A corrida foi realizada pelo anel externo de Interlagos e assim como as 25 Horas, obedecia o regulamento da Divisão 1.


Com o V8 302 o Maverick deixava todo mundo pra trás heim! Impossível alguém negar isso...


Deveria ser impossível, mas não é... muita gente não aceita esse fato. Tudo bem, ninguém é obrigado, mas é complicado quando dizem ao contrário sem apresentar provas do que dizem. Aqui no Blog eu só mostro o que é fato/notícia/verdade aí chega alguém e diz: "Não é assim, porque não era e pronto." Esse é o argumento que eles usam para se justificarem. Não tem problema, as provas que o Maverick V8 era  soberano estão todas aí.


Vamos dar mais provas então para aqueles que não querem ver a verdade.


Mais uma Proeza:


Folha de S. Paulo 19.12.73
Anotem aí as vitórias do Maverick:

25 Horas de Interlagos;
500 Quilômetros de Interlagos;
6 Horas de Tarumã e
Mil Milhas Brasileiras.

É pouco ou quer mais? Tem mais aqui pra mostrar :)

Mas vocês estão lembrados que o Maverick V8 tinha apenas 6 meses de Brasil e que não tinha sofrido um teste assim tão bruto antes de ter sido lançado? É isso que torna tudo isso uma grande Proeza!


Geralmente são as pessoas não-maverickeiras que não gostam muito de aceitar esses fatos, entre os Maverickeiros nós temos 100% de aceitação e aprovação.


Vocês podem ver os detalhes dessas corridas nesse link.


Isso que nós mostramos foi apenas em 1973, ainda tem 74, 75, 76...


Em 74 continuou a mesma história:


Veja 10.4.74

Olha aí os Maverick...


Cansada de apanhar, a GM preparou o motor 250-S para o Opala, pois já devia ter percebido que do jeito que estava ela só ficaria atrás. A Ford fez então o Quadrijet, e a próxima corrida seria as 25 Horas de Interlagos. Resumindo: O Maverick Quadrijet não correu. O Opala 250-S correu e foi desclassificado por estar fora do regulamento e o Maverick venceu outra.


A Proeza:


Folha de S. Paulo 6.8.74

Na data dessa propaganda, o Maverick já tinha vencido a prova de Goiânia também já com o V8 Quadrijet.


Estava ficando monótono...

Folha de S. Paulo 9.9.74
Olha só a diferença do Maverick V8 para o 2ª colocado... Dessa vez essa corrida foi válida pela Divisão 3.


Diário do Paraná 16.2.75
Preciso mesmo continuar com essas proezas?

SIM!!!


Vou resumir. Em 1975 olha o que aconteceu:

Diário do Paraná 21.12.75

É pouco? Vão dizer que ele venceu por causa do Quadrijet...

Agora vamos a maior proeza de todas. Em 1976 o Quadrijet e o 250-S estavam proibidos de correr.


Ah, então agora o Maverick perdeu?!!

Como diria o Darth Vader: "Eu acho perturbadora a sua falta de fé". Olha só:

Aqui é V8 302 meu filho!


Quatro Rodas 11.76

Quatro Rodas 11.76
O Maverick V8 venceu a Divisão 1 e 3 sem Quadrijet ou qualquer outra coisa. Acho isso muito legal pois assim como ele começou em 73, terminou em 76 correndo puramente com o seu motor V8.

Isso não é uma comparação do motor V8 302 com os outros, é apenas uma pequena amostra dos feitos realizados por ele.


E na prática, como é o Maverick com motor V8 302? 


É simplesmente incrível! A começar pelo seu som grave e poderoso até as marcas de pneu que ficam no asfalto. Eu citei o Darth Vader e é realmente assim, você se sente totalmente poderoso guiando um Maverick V8, o motor te provoca a acelerar cada vez mais, até mesmo entre as trocas de marchas. É como se você entrasse num estado de transe e não se preocupasse mais com a hora, o lugar, o tanto de combustível que já foi ou os pneus que você já destruiu, a única coisa que você quer é acelerar. Cada semáforo torna-se uma largada diferente e cada carro na rua é visto como um adversário para corrida. Precisa de muita prática para não ficar tão impressionado e acabar fazendo besteira. Lembro que a depois que dirigi a primeira vez, não conseguia mais falar nada, desci do carro e fiquei mudo... É demais, recomendo a todos.


O Maverick equipado com o motor V8 tem como características principais a velocidade e a força bruta. Com o V8, o Maverick acabava com qualquer carro dá época e muitos de hoje em dia.
Nunca, nunca, nunca esse motor foi construído para consumir pouca gasolina. O foco é desempenho e isso é óbvio, mas sempre querem saber quanto ele bebe.. sempre fazem aquela piadinha quando alguém liga o carro: "só nessa partida já foi meio tanque" Cara, não fica falando isso, não tem graça, não seja um idiota.
O mais comum seria perguntar quanto ele dá em velocidade final, não concordam? Não lembro se já ouvi alguém perguntando isso antes de querer saber quanto gasta de combustível...

Bom, lidar com esse tipo de coisa faz parte da vida de todo Veoiteiro :)


Enfim, o Maverick V8 dispensa comentários, é um carro que fala por si só.






Nesse link está a pesquisa sobre o motor 6 cilindros e em breve encerraremos essa série com as proezas do motor 4 cilindros.




MAVERICK NA HISTÓRIA
A História do Maverick contada como você nunca viu! 

Estamos na rede TSU, venha ver!
tsu.co/MaverickNaHistoria

Curta a página e confira nosso conteúdo exclusivo para o Facebook:

Inscreva-se em nosso canal do Youtube:
www.youtube.com/user/mvk8/videos


E-mail para contato:
juninho8fonseca@gmail.com

Obrigado pela visita!

No Facebook


Conheça os Relocímetros, uma linha de relógios especiais para quem curte carros. De parede, de pulso e de mesa. Acesse www.autosbizus.com.br .