terça-feira, 30 de julho de 2013

1974 – O Maverick nas páginas policiais



Pessoal, as páginas policiais também fazem parte da história do Maverick, mas não da maneira que alguns possam pensar que o Maverick é carro de bandido. Não é assim, vamos acompanhar alguns eventos e tirar as conclusões.




Folha de S. Paulo 7.2.74



O cara tinha nome de mafioso! Roubou o Maverick do dono da oficina e vazou... depois começou fugir da Rota atirando enquanto dirigia, destruiu o Maverick e outros carros estacionados ate que levou um tiro na barriga que subiu para o pescoço. (como assim no pescoço?). O cara foi parar no hospital e o Maverick no pátio da delegacia...

Folha de S. Paulo 27.6.74



Mais um bandido fugindo da policia e usando um Maverick roubado. Esse morreu.

Folha de S. Paulo 2.9.74



Olha a idade dos caras... Assaltaram, fugiram, atiraram, sequestraram e não foram presos...


Folha de S. Paulo 3.9.74

Eita, colocaram a placa de uma Brasilia em um Maverick e tocaram fogo no coitado.


Folha de S. Paulo 17.9.74

Folha de S. Paulo 19.9.74



Eu achei vários desses “carros furtados em São Paulo” aí desisti de pegar todos.
Como podem ver vários carros eram roubados, mas sempre tinha um Maverick no meio.

Folha de S. Paulo 04.10.74


Araraquara fica perto de onde moro. Uma vez até foi ver um Maverick de lá pra comprar.
Falar o que de bandidos assassinos né... bando de covarde.


Folha de S. Paulo 24.10.74


João Pirata, só pode ser bandido mesmo. Com sua quadrilha fez um arrastão pela cidade.
O Maverick era o carro preferido do grupo, mas quem é que não preferia o Maverick?

Folha de S. Paulo 4.11.74



Caso interessante.
O cara alugou um carro pra poder cometer seus crimes. Com certeza escolheu o Maverick por ser rápido para fugir da policia.
A data que o jornal traz está estranha, em fevereiro de 1973 não havia Maverick no Brasil, (havia sim, aguarde um novo post falando sobre isso..) devia ser fevereiro de 1974.


Folha de S. Paulo 31.07.74


Que sorte heim! E quanta grana!
A verdade é que o Maverick era muito visado para roubo, o ladrão afrodescendente ate devolveu os documentos, só queria levar o carro. Quanta gentileza.


Já assistiram ao filme Dirty Mary, Crazy Larry, Fuga Alucinada de 1974? É um filme muito engraçado e interessante com um final muito louco. Assistam a esse filme, o seu conceito sobre os carros utilizados em roubos e fugas vai mudar. Estou falando para assistir com o intuito de entender o motivo da escolha dos carros e não para aprender a fazer roubos, ou iniciar uma vida bandida (que nome de ouro filme). Vamos ficar só nos filmes ok?

Bom, vimos que o Maverick na maioria das vezes era roubado de alguém e então usado em algum roubo. Pessoas de bem compravam o Maverick. Esse papo de que é carro de bandido não faz o menor sentido e na verdade não faz sentido pra nenhum carro porque a maioria de seus donos são pessoas normais como eu e como você.


FORD MAVERICK NA HISTÓRIA
O que achou? Deixe seu comentário!

E-mail para contato:
juninho8fonseca@gmail.com

Acompanhe pelo Facebook:
@MaverickNaHistoria

Obrigado pela visita!







No Facebook


Conheça os Relocímetros, uma linha de relógios especiais para quem curte carros. De parede, de pulso e de mesa. Acesse www.autosbizus.com.br .